1966: Coleira de Spike e mais na cultura pop

Quando o primeiro colar de spike, com maquiagem "olho de gatinho" com visual fetichista apareceu na mídia de massa em um clube vitoriano? Em 1966 foi ao ar na TV britânica um episódio da famosa série "The Avengers" (nada a ver com os Vingadores da Marvel) em que a "agente" usa esse visual da "Rainha do Pecado". Na edição 5 da Gothic Station a Sana Skull ( do Blog Moda de Subculturas) comentou essa referência em um artigo brilhante sobre as influências da estética fetichista nas subculturas alternativas. Você pode ler esse artigo aqui:

http://bit.ly/gothic_station_5


O episódio se tornou um dos mais populares da série, influenciando a cultura POP (quem não lembra da Jean Grey dos X-Men no arco "Clube do Inferno", e exatamente com o mesmo cabelo 60's... ). O episódio pode ser visto por quem tem Prime Video com o nome diferente: "Um toque dede Enxofre" (episódio 21):

https://www.primevideo.com/detail/Os-Vingadores/0HKDJ1FZVI00KT34PU9VLGUHOJ


Para quem não tem, alguns trechos podem ser vistos aqui:

https://www.youtube.com/watch?v=GcwTEFUbgb4

Na mesma época (1966), a Mulher Gato usava na série Batman esses visuais icônicos :

A primeira Mulher Gato afro-descendente:

https://www.youtube.com/watch?v=hbrPMV5OCn8

e

https://www.youtube.com/watch?v=eCc8XJGSOag É um bom exemplo de como as subculturas alternativas "roubam" elementos que aparecem na cultura POP e mainstream, resignificando-os em um contexto alternativo, e, depois de algum tempo, o pop e o mainstream volta a pegar esses elementos... e assim por diante, mostrando como o movimento de elementos entre a cultura de massa e as subculturas é um processo dialético sem fim. Assim, o que diferencia o alternativo não são os objetos e ítens culturais isolados, mas o contexto em que são inseridos e resignificados pelas subculturas x ou y. Leia mais sobre a formação das subculturas por resignificação e homologia nesse artigo; Mais artigos sobre a Subcultura Gótica.