Buscar
  • henriquekipper

"Nós imitamos o Kraftwerk assim que pudemos"


Peter Hook sobre o legado de Florian Schneider:

"Nós imitamos* o Kraftwerk assim que pudemos" Com as notícias do triste falecimento de Florian Schneider, Peter Hook conta à NME sobre o impacto sísmico que o Kraftwerk teve na Joy Division e a música, estilo e atitude do New Order

Por Peter Hook. 5 de Maio de 2020

“Fiquei tão triste ao saber da morte de Florian Schneider. Minha memória mais antiga do Kraftwerk ganhar um LP do Ian Curtis. Ele me deu 'Autobahn' e depois 'Trans Europe Express'. Fiquei absolutamente hipnotizado por ambos. Ian sugeriu que toda vez que a Joy Division subisse ao palco, deveríamos fazê-lo no 'Trans Europe Express'. Fizemos isso desde o primeiro show, até quase o último. “A educação musical do Ian era fantástica. Ele nos ensinou tudo, de The Doors a Can. Ele colocou esses artistas na frente de Barney [Sumner, companheiro de banda] e eu, e eles se tornaram tão importantes para nós. O Joy Division estava muito ligada ao Kraftwerk, mas não foi até que chegamos ao New Order e pudemos pagar pelos brinquedos que nossa principal fonte de inspiração se tornou: "Vamos imitar o Kraftwerk". A música deles era enganosamente simples, mas impossível de reproduzir. “Você nunca conheceu o Kraftwerk individualmente. Eu sei que eles tiveram seus problemas como um grupo, da maneira que todos nós temos, mas eu gosto do jeito que eles sempre pareciam nessa unidade fechada e fechada. Ian sempre modelou como ele queria a Joy Division do ponto de vista da atitude no Kraftwerk, sem sombra de dúvida. Quando todo mundo estava tentando nos transformar em 'Ian Curtis And Joy Division', ele dizia: 'Não, não, precisamos ser como o Kraftwerk - somos todos nós juntos'. Essa foi a imagem que eu comprei. Ainda não sei qual deles fez o que. Eu acho que há uma força, uma honestidade e um respeito nisso. “O Kraftwerk exerceu uma enorme influência sobre nós, tanto musical quanto estilisticamente. Ian estava tão admirado com a maneira como se vestiram e como agiram, bem como com sua música. Era o triângulo perfeito. Se você ouve muita música atual, ouve completamente a influência do Kraftwerk. É engraçado, porque lembro de ter visto o Kraftwerk quando o acid house estourou pela primeira vez e foi a primeira vez que não gostei, porque estava implorando por uma batida de 4/4. Lembro-me de pensar: 'O que você se tornou, Hooky?' “Eles estavam anos à frente de qualquer outra pessoa, mesmo do ponto de vista eletrônico. Eles estavam fazendo seus próprios sequenciadores anos antes de mais ninguém. Lembro-me de vê-los no Free Trade Hall de Manchester na turnê em que eles não apareceram no palco. Foi incrível sentar em um local lotado, assistindo a quatro manequins e fazendo isso ser aceitável porque a música era maravilhosa. Eles tinham um P.A. quadrafônico no Salão de Comércio Livre, e isso foi outra coisa que roubamos no New Order assim que pudemos. "Eu nunca os conheci. O último show que eles tocaram com Florian foi em um festival na Espanha em 2006, e nós também estávamos tocando (o Snoop Dogg também). Barney estava um pouco “passado”, digamos assim. Ele estava realmente alegre e desesperado para ir conversar com o Kraftwerk. Minha esposa sempre me dispensa por deixar passar a oportunidade, mas ele entra no camarim e ficava tão maluco que pediram para ele sair! De uma maneira engraçada, é provavelmente o melhor eu não ter ido. " “Estávamos no mesmo hotel que o Kraftwerk. Lembro-me de estar na fila para fazer check-in e olhar para Florian Schneider e a maneira como ele estava vestido com este terno de nylon futurista. Eu estava pensando: 'Você está de folga, companheiro, e levando isso muito longe'. Mas eu não falei. Eu não saberia o que dizer para alguém que me inspirou tanto. É a coisa mais triste do mundo que ele morreu. Na semana passada, Dave Greenfield, do The Stranglers, também morreu. Eles eram outra banda que eu assistia quando criança, desejando e esperando estar um dia na posição deles. Essas coisas fazem você se sentir muito mortal. Como reportado a Andrew Trendell, texto original em inglês aqui.

Leia aqui mais depoimentos dos membros do Joy Division sobre a influência sobre o o Joy Division de grupos como Kraftwerk, Can e outras bandas do Krautrock

* traduzimos "rip off" como "imitamos" ao longo do texto, mas a expressão pode significar também roubamos, saqueamos, enganamos, etc. No sentido do texto, significa que eles tentaram fazer igual assim que tiveram condições.

Peter Hook

Kraftwerk, nos anos 1970


0 visualização

©2018 by GOTHIC STATION. Proudly created with Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now