A Happy House in a Black Planet: Introdução à Subcultura Gótica
Novos Artigos sobre a Subcultura Gótica

10 COISAS QUE OS GÓTICOS NÃO SÃO! (versão 2013)


Salvo poucas exceções, ao longo dos anos muitas TVs e jornais tem divulgado alguns estereótipos e caricaturas, ou generalizando casos isolados sobre Góticos a tal ponto que isto faz com que pessoas acabem se sentindo atraídas ou tendo preconceito contra os Góticos... pelos motivos errados! Se você vai rejeitar e criticar, ou se vai se sentir atraído e querer conhecer, é melhor que seja pelos motivos corretos.
1- GÓTICO NÃO É RELIGIÃO NEM SEITA – Somos parte de uma subcultura –ou cultura alternativa- que não regula a escolha que uma pessoa deve fazer ou deixar de fazer a respeito de religião. Por isso existem Góticos de todas as religiões: góticos cristãos (católicos, evangélicos, protestantes, pentecostais, etc), góticos espíritas, góticos budistas, góticos judeus, góticos umbandistas, góticos wiccans, góticos agnósticos, góticos ateus, etc. Por isso podemos dizer que a subcultura Gótica é “laica”: um espaço aberto para pessoas de qualquer religião ou sem religião, desde que estas se respeitem mutuamente.

2- GÓTICO NÃO É SÓ FASE DA ADOLESCÊNCIA OU MODA PASSAGEIRA - Existem góticos e góticas de todas as idades, da adolescência até 50 anos ou mais. Somos homens e mulheres trabalhadores, pais responsáveis e que sustentam suas famílias e filhos. Apesar de existirem muitos adolescentes modistas, nem todo adolescente se torna gótico somente por modismo ou revolta adolescente. A subcultura gótica como a conhecemos hoje já se desenvolve há cerca de 30 anos ininterruptamente, continuando a evoluir no século XXI e muitas das referências culturais das quais nos reapropriamos tem de décadas até mais de 200 anos.

3- GÓTICO NÃO É OPÇÃO SEXUAL NEM DE RELACIONAMENTO – Existem góticos e góticas de todas as opções/orientações sexuais, e respeitamos todas elas, pois isso é uma questão privada e pessoal de cada um. Opção ou orientação sexual não tem a ver com ser ou não Gótico, mas respeitar todas as opções, sim. O tipo de visual que usamos não tem relação com nossas opções/orientações sexuais ou de tipo de relacionamento. Góticos e góticas fazem as mesmas opções de relacionamento, como em todos os grupos sociais: alguns são casados, outros noivos ou tem relacionamentos estáveis, ou relacionamentos abertos, outros namoram ou só “ficam”, outros são celibatários e outros são promíscuos.

4- GÓTICOS NÃO TÊM UM TIPO FÍSICO DEFINIDO – Ter certo tipo físico ou étnico não faz de você mais ou menos Gótico. Góticos podem ter qualquer tipo étnico ou físico! Podem ser mulatos, brancos, negros, orientais, cafuzos, mamelucos, albinos, aliens verdes, aliens listrados, etc! E podem ser gordos, baixos, magros, altos, fortes, franzinos, ter olhos claros ou escuros, ou qualquer combinação de tipo físico imaginável.

5- GÓTICOS NÃO SÃO VÂNDALOS DE CEMITÉRIO – Valorizamos a arte das esculturas e arquitetura dos cemitérios. Os cemitérios, além de ótimos lugares para um passeio tranquilo, são também ótimos lugares para a reflexão sobre o sentido de nossas vidas em meio a correria e velocidade desumanizante do mundo atual. Por isso seria totalmente incoerente para um Gótico depredar ou vandalizar um Cemitério. Importante: existem outros grupos de pessoas que visitam cemitérios, não só Góticos!
(E nem todos os Góticos visitam cemitérios)

6- GÓTICOS NÃO SÃO DEPRIMIDOS - Depressão é uma doença, que pode ter origem através de um desequilíbrio biológico ou ser causada por fatos de sua vida. Em qualquer um dos dois casos você precisa de um psicólogo e/ou psiquiatra, não se tornar Gótico. Nós Góticos gostamos muito de nos divertir, rir, encontrar os amigos e a música em nossos eventos é dançante. Temos outro tipo de humor, como acontece com pessoas de outros grupos sociais aqui mesmo no Brasil ou em outros países ou culturas, que riem de coisas diferentes.

7- GÓTICOS NÃO SÃO DROGADOS – Da mesma forma que fumar ou beber não faz de você “alternativo” ou “cool”, o consumo de substâncias legais ou ilegais não faz de ninguém mais ou menos gótico. Isso é uma questão pessoal e privada que hoje em dia não está diretamente vinculada a nada de alternativo ou contestatório. O uso de drogas ilegais entre góticos não é maior nem menor do que entre tantos outros segmentos sociais considerados “normais”.

8- GÓTICOS NÃO SÃO O ÚNICO GRUPO QUE VESTE PRETO, NEM SÓ VESTEM PRETO: Muitos outros grupos e pessoas também vestem preto: padres, guardas do metrô, emos, headbangers, policiais, punks, roqueiros em geral, etc. Não confunda! Góticos também não usam o mesmo visual gótico o tempo inteiro, usando roupas adequadas a sua situação cotidiana, exigida pelo trabalho, escola, etc. Os visuais góticos são muito variados, incluindo em geral outras cores e também o branco.

9- GÓTICOS NÃO SÃO SUICIDAS - Se todos nós (góticos) fôssemos suicidas não existiriam mais Góticos!. :-) O suicídio é um ato, muitas vezes resultante de problemas médicos ou psicológicos, que não tem nada a ver com ser ou não ser Gótico. Todo dia muitas pessoas se suicidam, mas entre elas não há mais góticos do que pessoas de outros segmentos sociais. Pessoas com tendências ou idéias suicidas devem procurar ajuda psicológica e médica urgente!

10- GÓTICOS NÃO SÃO PESSOAS QUE SÓ GOSTAM DE SOFRER - Ninguém gosta só de sofrer, a questão é que o sofrimento e as perdas fazem parte da vida, mas a cultura de consumo de massa em que vivemos esconde ou não se relaciona muito bem com isso. Achamos que precisamos saber rir e superar as tristezas – superar, e não fugir delas - e aceitar as partes doloridas de nossa memória, com arte e criatividade.


H. A. Kipper, abril de 2013


Agora, se quiser saber também um pouco do que É Gótico, acesse:

F. A. Q. Gótico

A Happy House in a Black Planet: Introdução à Subcultura Gótica

Novos Artigos sobre a Subcultura Gótica